23 novembro, 2011

viajante de sonhos coloridos. és tão meu,és tão meu. hoje e sempre,até o céu deixar de ser azul e até a lua deixar de me iluminar o chão do quarto. hoje e sempre até eu deixar de saber por onde passas,por onde caminhas,por onde olhas e por onde te deitas. os meus braços são o teu colo,e à mesma hora de sempre lá vens tu,com sorriso de ternura. eu fiz-te a cama,arrumei-te as peças do chão e deixei tudo em branco,a cheirar a puro. gostas não gostas? também gosto muito de te ver chegar não só para te deitares mas também para me segurares enquanto eu leio o livro das nossas vidas. não são muitas páginas,é tudo breve,tudo simples como o ar. gostas de virá-las quando as acabo e lá lês uma ou outra palavra. Mas preferes os traços da tua mão,as veias saídas que contam mais do que eu poderia algum dia recontar,sentada numa cadeira ao pé da lareira. o que está à vista,está à vista e vale por mil mundos,por mil folhas. tudo fervilha,tudo renasce em nós. a cada ano,a cada nascer de uma árvore,a cada movimento das nuvens nos dias de vento,tudo renasce e tudo avança. Mas é sempre assim, dançante como o nosso primeiro beijo, flutuante. continua a ser assim sem janelas trancadas. nascemos para ver os pássaros voar e levar com eles os sonhos de um futuro do amanhã. eles tomam sempre conta do recado a cantar enquanto que nós dançamos na sala de estar a espreitar a direcção da luz do sol. no alto da montanha vemos o mundo girar cheio de pressa,cheio de cor. e nós sem pressa nenhuma,com o coração nas mãos. não sei se há algo ainda mais bonito,não sei se quero descobrir. É o paraíso nos meus olhos,é as batidas calmas ao adormecer...contigo.

10 comentários:

Jun disse...

está apaixonante

cláudia disse...

e isto é uma alma apaixonada *

Mafalda Marques disse...

Está bonito, adorei mesmo.
Mudei de blog, segue por aqui agora:
http://ecpm-soul.blogspot.com/

Viagem Sem Retorno disse...

Gostei imenso!

Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

claudiagomes. disse...

Já te disseram que a tua escrita que é um amor perfeito? É que é mesmo.

mary disse...

que doce pequena joana. que bom foi receber-te. e que doce, como sempre, este texto!

mary disse...

a noite não..mas o dia sim, e que bem que me soube. e acho que esta noite vai ser um bocadinho mais positiva do que todas as outras que tenho tido.
um beijinho, doce do céu.

inês disse...

És sempre tão doce Joaninha, obrigada:)

inês disse...

Manda-me o teu mail do blog, Joaninha. O meu vai passar a ser privado.
Bjs:)

marta disse...

aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! apaixonante, as always :)