10 julho, 2011

corações cheios

O amor é fantástico. Nunca se sabe quando tem o seu fim e se por ventura,algum dia terá. É das coisas mais inesperadas na vida e continuamos,sem nos importar. No amor só interessa o presente. Podemos ter tentações em colocar os pézinhos á frente, mas na maioria das vezes,mantemo-nos no presente. E temos que aprender a enchermo-nos dele,até mais não. Para mim,nunca fez grande sentido virar costas a algo quando o amor ainda perdura. Para mim,se existe é para ser vivido. Ainda para mais quando há dois corações cheios. Não é esperar por acções, por atitudes,por mudanças. Essas esperas nunca foram grandes amigas. É vivê-lo enquanto ele insiste em ser vivido. Se ele insiste, por alguma razão será. Não se apressem a correr com ele. Quem sabe quantas vezes mais vamos ter algo tão grandioso a bater-nos à porta e quem nos diz que este nosso amor vai poder voltar atrás? quem nos diz que resiste? Não resiste sozinho. Só com os corações cheios. Continuem a enchê-los,mesmo que na maior parte dos dias nos tirem a vontade. Não saibamos viver com ele. O amor é grande e mesmo nos fins,não deixa de ser grande. Por isso,não virem as costas. Amar é bom e ser amado fica ainda melhor... continuem à espera do incerto porque não se sabe se os dias vão ser sempre da mesma cor. E como se diz para levar um dia de cada vez e aprender a levar a vida com a mesma tranquilidade,assim o digo para o amor. Acções cometidas não voltam atrás e surgem arrependimentos. Fervilhem com pouco,fervilhem com o amor adolescente. Essas memórias ficam,e talvez sejam das melhores. São memórias despreocupadas,sem grandes rodeios. Memórias de amor livre,sem "se". Multipliquem-nas. 

10 comentários:

inês disse...

que bonito.

annie disse...

joana, este texto está uau. e eu gosto tanto de corações cheios, ó ó. e fico de coração cheio por saber que o meu blogue hoje te trouxe ainda mais conforto. e esta música <3

Emmeline disse...

tudo o que eu precisava de ouvir

Inês disse...

é por textos como este que eu cá venho; porque tu escrever maravilhosamente bem, enches o coração dos teus leitores e deixas-nos a pedir por mais...

SM disse...

Amei :)

marta disse...

eu bem que gostava joaninha, mas falta-me a inspiração :\
e concordo plenamente com o que dizes aqui :)

Sara Sousa disse...

Que post lindo! adorei :)*

ines disse...

oh joaninha, tudo o que era preciso ser dito...
espero que te tenhas divertido no alive, e ja agora adorei as calças!
beijinho

cláaudia disse...

adorei! e precisava de ler uma coisinha assim (:

Mafalda disse...

Tu és fantástica Joana, és mesmo. Este texto!