30 maio, 2011

Tenta não me fazer rir a gargalhada, tenta tirar-me o sorriso parvo da cara cada vez que percebo um gesto teu ou cada vez que te esforças. Tenta esquecer todos os pontos do meu sorriso e como se abram e fecham. tenta não adivinhar quando é que ele se vai abrir. Tenta apenas,só para me provares. Convenci-me que é a nossa melhor característica, usar o riso para tudo. e sinto-me bem,sinto. ter sido pelos risos que nos apaixonámos,ser de gargalhadas que se ouvem noutros mundos, sermos qualquer coisa como a mistura de tudo e nada num só sorriso aberto. e sabes,o teu sorriso diz o quase tudo.

10 comentários:

carina, disse...

está mesmo lindo, fogo

Anniee. disse...

apaixonei-me por este texto.

carina, disse...

ora essa! ohh obrigada msmm ;$ <3

angélica disse...

adoro !

Marta Sofia disse...

está completamente espectacular :)

ines disse...

e é com enormes sorrisos que leio tudo o que escreves!
mais uma maravilha joaninha

cláaudia disse...

tá tao lindo, simlesmente amo o teu blog ! :D

Mafalda disse...

Gostei muito Joaninha, gostei muito, como gostei muito do anterior, do outro ainda anterior, e por aí*

ana moura disse...

não, mas bem que podiamos ser.
apaixono-me cada vez mais pelo teu blogue

ivone silva. disse...

ai uauu