15 abril, 2011

segredo

deixa-me contar-te um segredo,um segredo pequenino- sou como os livros que não lês. os livros que folheias mas não tens coragem para abrir nem começar do início. sou esses teus livros mais o tempo que demoram arrumados na prateleira. sou igual a eles e nunca deixei de o ser. mas eles têm aquilo que te falta,aquilo que te faria começar de novo,aquilo que te faria continuar a ler no resto dos teus dias,todos os dias. e eu,eu sou aquilo que sempre te fez falta mas tu não tens coragem de me folhear folha a folha com medo de,eventualmente,te perderes em mim. 

10 comentários:

annie disse...

"e eu,eu sou aquilo que sempre te fez falta mas tu não tens coragem de me folhear folha a folha com medo de,eventualmente,te perderes em mim." - escreves coisas tão bonitas. juro.

ana patrícia disse...

que lindo!

Daniela Silva disse...

Gostei*

ana patrícia disse...

sim, tenho mesmo de fazer isso. obrigado *

inês disse...

e eu adoro isto, really. está tão bonito.

RuteRita disse...

esquece, adoro e nem vale a pena dizer mais nada, pusha o:
ó muito obrigada mesmo.

cláaudia disse...

epaa, lindo mesmoo !!

carina, disse...

não tens de quê :) e obrigada*

sara disse...

isto está muito mais do que perfeito!

Ritinha disse...

que lindo :)