27 julho, 2010

1 dia, quase dois sem vir ao blog, já quase me mata. Chamem-lhe dependência, chamem o que quiserem. Mas a verdade, é que isto é a minha terapia. sou eu, eu a escrever e mais ninguém por mim. Acreditem que quando criei o blog há uns meses atrás, achava que o ia apagar em menos de nada,mas como nos surpreende-mos a nós proprios, é verdade. E este é, e sempre será, o meu blog fofinho do qual eu trato todos os dias. quando me beijas a alma 

3 comentários:

annie disse...

eu sinto o mesmo em relação ao meu. pensei que o ia apagar em pouco tempo mas a verdade é que ele foi ficando e fui ganhando uma afeição a este bocadinho de mim, na escrita que agora não consigo viver sem ele.

annie disse...

sem dúvida alguma joana :)

Diogo Sc disse...

Compreendo