18 agosto, 2011

tu não podes ser o meu todo. não é justo. não posso estar destruída se não te tiver por perto. não posso,não mereço. não é justo depender de ti para tudo,nem de ti para seguir em frente. quero-me outra vez por inteiro,dura e dona da sua palavra. tiraste-me aos bocados,maldito amor. maldito amor

5 comentários:

annie disse...

espero que aos poucos, te sintas inteira de novo, estou a torcer para isso, joaninha. mereces, és um amor. e o teu blogue está a coisa mais rica do mundo, deixa que te diga :3

annie disse...

deixaste-me de coração cheio joaninha. e eu também te quero ver assim, cheia. acredita que te compreendo, quando falas nesses erros, por acreditarmos. o mal é que acreditamos sempre nas pessoas, que podem sempre ser melhores, que vai ser sempre diferente. mas às vezes não é. e como nós damos tudo, quem fica sem nada somos nós. mas quero-te bem, sim? e vou torcer muito para isso e fazer para isso também <3

joanne pereira disse...

força de vontade acima de tudo *-*
vou seguir, beijinho*

joanne pereira disse...

de nada joana (:

cláaudia disse...

joaninha, mereces estar preenchida de coisas boas, enche-te de palavras boas, como nos enches a nós com os teus textos lindos, enche-te de momentos felizes, e cria um todo feliz, porque tu assim o desenhas para nós, dás-nos sempre um todo feliz com o teu blog lindo e com as tuas palavras que nos tocam sempre, força*