28 julho, 2011

as palavras,as palavras. vivem para nós,incondicionalmente. e nós somos feitos delas,em todas as circunstâncias.para mim,existe um saco cheio delas. um saco que me descreve. e dele vou retirando uma ou duas palavras de cada vez,aquelas que já não precisam de estar guardadas. foram expostas ao mundo,ao que me rodeia e assim ficarão,para sempre. as que lá ficam,servem para os dias em que acordo sem acreditar em mim. com vazios a preencher as veias em vez do sangue quente e rico. servem para esses dias e é até mais fácil do que parece. Porque elas não estão apenas dentro desse saco cheio,não. estão no ar,nas pessoas,nos lugares. preciso de empurrões para lá chegar mas acabo por descobri-las a todas,uma a uma. Não deixei de ter medo delas. Mas aprendi a controlá-las e a saber digeri-las. Dou importância ás melhores. ás que evoluem,comigo. E eu adoro palavras ricas,que preenchem os dias. A final de contas,devemos-lhes um grande obrigada. na maioria,um obrigada gigante por saberem fazer parte de nós. 

7 comentários:

annie disse...

mil obrigadas, bem sentidos, do tamanho do universo às palavras e a estes teus textos, que nos aquecem o coração.

adriana m disse...

está lindo princesa *.*

beatriz disse...

oh querida muito obrigada pelos comentários mesmo! está mesmo amoroso o que escreveste, sabe mesmo bem ler-te. um beijinho joana

cláaudia disse...

um grande bem haja ás palavras que nos ofereces através dos teus posts lindos <3

Leonor disse...

de nada fofinha! :)

Janete Conceição disse...

palavras maravilhosas, sem dúvida.

● mariliaqueiroz ● disse...

mt lindo .