01 maio, 2011

amor.

ouve um dia que me falaste de amor. Confesso que à medida que falavas,cada vez percebia menos. Tudo porque nunca o tinha sentido,e sentido tão bem como tu. E mesmo assim,fiquei a ouvir-te a tarde toda. As tuas palavras eram melodia para mim,eram um embalar de conhecimentos como se me estivesses a contar a história do mundo. Fiquei ali,eternamente a olhar para as palavras que saíam da tua boca e como saíam. Eram leves, com certezas, entusiasmadas como se o amor fosse a cura para todas as imperfeições,a cura de todos os males. Deixaste-me curiosa. E sabias disso e como tal,continuaste até te cansares. Hoje,já passei e repassei todas as tuas palavras e continuo a acreditar em metade delas. A outra metade foi desaparecendo à medida que o meu coração se ia desencaixando devagarinho. Mas mesmo sem saberes,as tuas palavras foram esperança. Disseste-me que o amor era mágico,era um feitiço. Era como as nossas roupas preferidas,que quando as vestimos não as queremos largar. E ainda não deixei de acreditar nessa magia,porque foste o maior sábio para os meus ouvidos. 

17 comentários:

carina, disse...

que lindooo, escreves mesmo bem. :)

ines disse...

que amoroso!
amor é sem duvida uma grande pessoa, mesmo com todos os defeitos

Anniee. disse...

gosteiii *-* lindoo !

sara disse...

só te tenho a agradecer por este texto porque está lindo e sem dúvida que fez o meu dia valer a pena. beijinhos!

carina, disse...

prémio para ti no meu blog. :)

Mafalda disse...

Esta muito bonito Joaninha:)*

carina, disse...

não tens que agradecer, mereces-te. :)

marta disse...

até fico bem disposta ao ler o teu blog joaninha :)
adoro o fim :)

patrícia disse...

muito bonito! *

c. disse...

adoro ! sigo :D
segues-me também ? *

Anniee. disse...

selinho para ti no meu blog :$

Anniee. disse...

de nada :D e não faz mal nenhum minha queridaa (:

your love is my name disse...

oh que fofo (:
gostei*

Hadassah disse...

Gostei disso. Seu blog é perfeito

Photographer on the World disse...

meras palavras doce e mágicas...

annie disse...

que saudades que eu já tinha de te ler. está tão bonito joana, tão tão.

Leonor disse...

Gostei muito :)