05 maio, 2011

Ainda fiquei com o teu sorriso. ainda consegui captá-lo,agarrei-o e juntei ao meu. É a tua melhor virtude,sorrir para tudo. Mesmo nas despedidas e mesmo quando te exponho tu sorris. Nunca paras de sorrir. Mesmo quando os teus olhos se fecham,a tua boca nunca corresponde. Não sei realmente o que traduz,se o teu coração se a tua confusão de pensamentos. Talvez um bocadinho dos dois. O teu coração sempre foi e é vermelhinho e nunca emagreceu. É tão resistente. Eu sempre achei que era de sorrires tanto,não achas? Aprendes-te isso sozinho,porque ninguém é igual a ti. Nunca me lembro de um único momento que me tivesses largado a mão e me tirasses as oportunidades,não me lembro de um único momento em que me iludisses. Tudo porque o teu sorriso diz tudo,e eu já lhe conheço os traços de cor. Sei o teu sorriso das certezas e das incertezas e todos os outros. Gosto tanto dele,e se eu te pudesse roubar algo,era isso mesmo. Essa tua alegria por dentro e por fora,essa tua maneira de fazer tudo fácil à tua volta,esse aconchego que trazes a todos a tua volta e eu não sou excepção. Tu sim,és a excepção neste mundo. A excepção na minha vida,tal como o teu sorriso que já faz parte do meu.

9 comentários:

carina, disse...

escreves mesmo bem.

annie disse...

adorei, como não podia deixar de ser.

cláaudia disse...

tão lindo!

ivone silva. disse...

que lindo

ines disse...

é tão bom ler o que escreves joaninha

annie disse...

aw, ainda bem que é assim, mesmo mesmo :)

Mafalda disse...

Esta lindo!

ana moura disse...

perfeito:)

Mariana disse...

Adorei * Muito mesmo...