16 março, 2011

as vezes é preferivel tentarmos por uma venda a volta dos olhos e tentar não ver aquilo que simplesmente não faz falta. as vezes vemos demais. podemos ver a verdade,mas é uma verdade que não nos faz falta. temos o prazer de nos abrirmos aquilo que já sabemos ser demais para nós e quanto mais sabemos isso,mais lhe queremos tocar para sentir as feridas. nem tudo aquilo que é real temos de ver ou mesmo sentir porque haverá sempre um dia em que desejamos continuar na ingenuidade e simplesmente,deixamos de a encontrar. são realidades que não pertencem a nossa realidade mas nós contorna-mos a espera que elas la caibam,apertadinhas ou não,para sermos mais uma vez escravos de algo,alguém e de nós proprios. escravos dos sentimentos,escravos das inseguranças e escravos do medo. e se as vezes pensarmos bem,somos sem duvida o nosso pior inimigo que nem nos reconhecemos.

9 comentários:

marta disse...

concordo!

marta disse...

não tens de agradecer jo, sempre foi, sempre será*

Mafalda disse...

E queria sublinhar uma frase que me marcasse neste teu lindo post, mas acabei a sublinhar o post todo. Completamente verdade*

Sofia Duarte disse...

Obrigada (:

luisinha disse...

adoooooooooooooro

annie disse...

é que é mesmo joana, tão verdade.

tânia. disse...

gostei imenso. :o

Mafalda disse...

Já te disse que este teu blog é de comer à colher de tão saboroso que é?

andré disse...

sim, joana