25 janeiro, 2011

chego a conclusão que

as promessas são traiçoeiras. E se uma coisa que aprendi contigo,foi nunca me deixar iludir. Não só contigo,mas com a maior parte das pessoas.Ha sempre aquelas que a utilizam como forma de nos fazer esperar e dando a volta a uma decisão pior. tentam que o tempo passe por nós sem o vermos,e como que uma lavagem cerebral, fazem-nos esquecer da palavra promessa feita ha tempos atrás. e como o amor tem aquele poder de nos cegar,e quanto menos tocarmos em feridas melhor,fechamos os olhos e tapamos os ouvidos. mas a questão é,que nunca se comete dois erros iguais. a segunda vez,é uma escolha e não um simples erro. por isso,só acredita nestas continuas promessas,quem quer. a ilusão sabe bem,mas a frustração nem por isso 

4 comentários:

annie disse...

adorei *

Carla disse...

É verdade, concordo a mil por cento.ás vezes as coisas/pessoas são mais dificeis de esquecer por nos fazem acreditar em coisas que nunca vão existir.

-minnie f. disse...

Adorei. Sei bem o que isso é, promessas em vão...

luisinha disse...

eu só acredito em quem nada me promete. as promessas sao falsas.
és um amor.