27 dezembro, 2010

estou para ver o que este ano me traz de novo, e está na altura de pensar nos desejos a pedir.
o engraçado é que ao longo dos anos, nos momentos mais espontaneos, pedimos tantos desejos a nos proprios,baixinho,para que ninguem nos ouça. queremos tanto uma coisa,naquele preciso momento. quando é a altura de pedi-los em voz alta,com uma pinga de esperança,esquecemo-nos desses pequeninos desejos que mais tarde nos relembramos outra vez,na maioria das vezes. desejamos tanta coisa,que o natural é deixarmos para tras aquilo que realmente é importante para nós, e que pode ser a resolução pra tudo. podem ser desejos pequeninos,mas têm uma grandiosidade dentro de nós. e para que isto não aconteca,vou passar a anota-los num caderninho. serão os meus desejos tarde ou cedo,desejados. pode ser,que quando procurar a resposta a algo,sejam simplesmente,os desejos que não foram pedidos em voz alta.

3 comentários:

Denise Fernandes disse...

gostei! tao verdade! adoro o teu blog :D

spottedtoshare.blogspot.com

annie disse...

adorei *.*
é mesmo verdade. ha uma quantidade de coisas que desejamos no dia-a-dia e que não contamos a ninguém nem dizemos em voz alta e que depois acabamos por esquecer.
quanto ao meu post, realmente aquilo acertou em muita coisa mas uma coisa que tento fazer é não levar demasiado à letra, gosto de ler e de reflectir, até porque acaba por me dar um pouco mais de força mas nunca penso demais naquilo :) mas a verdade é que às vezes acerta em muita coisa.

marta disse...

é bem verdade, acho que até eu devia de apontar!

selo para ti no meu blog (: