11 novembro, 2010

mas é que as vezes, apetece-me mesmo fugir de tudo.
De tudo, e de ti. sem data de chegada, sem destino de ida

3 comentários:

filipa disse...

ás vezes dá vontade disso mesmo .

RuteRita disse...

bem, já somos duas minha querida

Maria Inês disse...

bem podes dize-le também tenho essa vontade bastantes vezes

Gostei do blog, estou a seguir querida c: