30 outubro, 2010

este tempo aborrece-me, deixa-me com a neura, deixa-me constipada, deixa-me com espirros, deixa-me com saudades de ti. De sentir o teu calor nesta imensidão de frio. deixa-me com saudades de sentir eu e tu dentro dos lençois, deixa-me com saudades de ouvirmos a chuva e imaginarmos as estrelas. deixa-me com saudades de sermos tão puros como o Inverno, tão puros como somos.

3 comentários:

RuteRita disse...

também nao gosto nada , unf

andré disse...

eu por acaso até gosto. passar o f-d-s a ver filmes, c um grande balde de pipocas, a sentir o calor da lareira. sabe tão bem!

filipa disse...

este tempo sabe tão bem para estar em casa jo *