01 outubro, 2010

a algo nesta fotografia que me intriga, ha algo em comum comigo. faz-me lembrar quando queremos fechar os olhos por um segundo, e imaginar como seria bom se. mas o se não existe. existe o lamento. faz-me lembrar as pequenas ilusões e desilusões. os sonhos grandes demais. as solidões da noite. As conquistas falhadas, e os amores que pareciam eternos

6 comentários:

Carla disse...

Acredita, é mesmo isso. =)

RuteRita disse...

Sublinho - te

filipa disse...

Sendo assim, sou então igual a essa fotografia *

Diana disse...

identifico-me com a foto.

Ana Luísa disse...

Obrigada !
Amei o post, tudo, lindo !

Catarina disse...

Oh querida, eu sei. Mas tens que ser mais forte que isso. Por vezes basta fazer algo diferente ou tirarmos uns segundos para olhar para a outra pessoa e conseguir olhar-lhe para além dos seus olhos, ou apenas ver o pequeno gesto que possa fazer e pensar na beleza que teve. Por vezes, basta uma coisa tão simples para mudar tudo querida :)