16 agosto, 2010

dá-me algo como garantido, algo que eu possa acreditar, para sempre. da-me algo que saba a amor eterno. algo que me faça ouvir a tua voz prometer-me o futuro. sem demoras, sem meias conquistas. fala-me de amor, todas as noites da tua vida. e eu podia dizer que a vontade é tudo, tal como o amor. e sera que eu acreditava? o destino toma conta de nós, tal como nós cuidamos do que nos une. E enquanto a minha ansiedade corre, a procura do nosso lugar na estrada do futuro, eu fico no presente, a apreciar cada promenor do teu rosto, e a ver os nossos corações, formarem um só.

2 comentários:

RuteRita disse...

que lindo !

Sara disse...

adorei, parabens está perfeito