19 agosto, 2010

Cada vez me apercebo mais da minha instabilidade. E cada vez, me faz mais náuseas no estômago e horrores por dentro. Já ouve tempos, em que pensava para mim propria, que era o melhor de mim. Naquela ideia, de que como tudo mereçe ser renovado. Mas cada vez mais digo para mim, o quão errado estava esse pensamento. São tantos os dias, que me sinto sem qualquer pontinha de luz, sem qualquer brilho no rosto. São tanto os dias, que exigo muito de mim para uma coisa, e o esforço não vale de nada. São tantos os dias, que me esforço para ser ouvida, mas nunca me basta. e então eu pergunto-me, andarei em busca da perfeição para os meus dias? but i never tell for myself: the imperfection, make the perfection

2 comentários:

RuteRita disse...

Ta lindo

Diogo Sc disse...

secalhar não pensas, que a tua volta existe mais brilho do que imaginas!