25 maio, 2010

   pergunto-me todos os dias, qual a será a minha importância na tua vida. Tenho muitas   vezes respostas só nos teus gestos, e perguntas em algumas das tuas acções. 
  

1 comentário:

Diogo Sc disse...

não tenhas, porque ninguém te ama como eu.
posso não demonstrar aquilo que sinto, nem pouco aquilo que sou.
gosto de ti, mas gosto á minha maneira!